Total de visualizações de página

Tradutor

Visitas

28 dezembro, 2010

Dia 1 de Janeiro, Festa da Santa Mãe de Deus.

video
Solenidade da Santa Mãe de Deus - 1º de Janeiro

“Bendita és tu entre as mulheres e bendito é o fruto do teu ventre” (Lc 1, 42)

Todas festividades colocadas no tempo do Advento, do Natal até o Batismo de Jesus, têm por tema principal a contemplação do mistério do nascimento do Salvador. Na oitava do Natal, a Igreja celebra Maria, Mãe de Deus e outras ideias que fazem mais rica essa data: da circuncisão e do nome de Jesus, dia mundial da paz.

É com esse título - Mãe de Deus - que desde os primeiros anos do cristianismo, Maria foi considerada e venerada com esse título. Entretanto, não aparece claro nos textos dos Evangelhos, mas eles lembram “a Mãe de Jesus” e afirmam que Jesus é Deus (Jo 20,28). Em Mateus (1,22-23), por exemplo, Maria é apresentada como Mãe do Emanuel que significa Deus-conosco. Vai crescendo a consciência de que Maria é a Mãe de Deus.

No Concílio de Éfeso, ano 431, foi solenemente declarado que Maria, Mãe de Jesus, filho de Deus, por isto também Mãe de Deus.Em sua alocução de 27/11/1996, o papa João Paulo II continua nos ensinando que a Igreja católica acata a declaração do Concílio de Éfeso como verdade de fé. O papa ainda continua explicando que o título de Mãe de Deus (em grego TheotóKos) foi criado pelos cristãos para exprimir a fé na concepção virginal, no seio de Maria d’Aquele que desde o sempre foi o Verbo Eterno do Pai. A maternidade de Maria, não se refere, portanto, a toda Trindade, mas unicamente à segunda pessoa, ao Filho, que ao encarnar-se, assumiu dela a natureza humana.

Por maternidade entende-se a relação entre pessoa e pessoa: uma mãe não é mãe apenas do corpo ou da criatura física saída de seu seio, mas da pessoa que ela gera. Cremos, por isso, que a maternidade divina de Maria se refere apenas à geração humana do Filho de Deus e não à sua geração divina, porque o Pai e o Filho são da mesma natureza ou essência. Nesta geração eterna, Maria não desempenha, evidentemente, nenhum papel. Deus é incriado, isto é, existe por si mesmo, ninguém o fez, ninguém o criou. O Filho de Deus, entretanto, assumiu a dois mil anos a natureza humana e foi concebido e dado à luz por Maria. Maria, então, é Mãe de Deus por ser Mãe de Jesus, que é Filho de Deus.

A grandeza da maternidade divina de Maria, nos diz Santo Agostinho, é acentuada por sua fé. pois ela concebeu a Cristo pela fé em sua alma, antes de concebê-lo no seu corpo. “A grandeza da Mãe de Deus é a pequenez de uma mulher disponível que da graças a Deus pelas maravilhas nela operadas”.

É necessário orar. Orar sempre. Rezemos como os cristãos do Egito que lá pelos idos do século III, suplicavam: “Sob a vossa proteção procuramos refúgio, santa Mãe de Deus: não desprezeis nossas súplicas, e livrai-nos de todos os perigos, ò Virgem gloriosa e bendita” (Da Liturgia das Horas).

Iniciamos mais um ano… Na festa de Nossa Senhora, Mãe de Deus, vamos pedir graças para essa Mãe silenciosa, porém forte e companheira a fim de que imitemos seus gestos: Sempre sobre dividir, ensinar, partilhar com todos os conhecimentos adquiridos no convívio com seu Filho Jesus - O Filho de Deus.

Fonte: www.cantodapaz.com.br

17 dezembro, 2010

Evangelho do domingo (Mateus 1,18-24)


– A origem de Jesus Cristo foi assim: Maria, sua mãe, estava prometida em casamento a José, e, antes de viverem juntos, ela ficou grávida pela ação do Espírito Santo. José, seu marido, era justo e, não querendo denunciá-la, resolveu abandonar Maria em segredo. Enquanto José pensava nisso, eis que o anjo do Senhor apareceu-lhe, em sonho, e lhe disse: “José, filho de Davi, não tenhas medo de receber Maria como tua esposa, porque ela concebeu pela ação do Espírito Santo. Ela dará à luz um filho, e tu lhe darás o nome de Jesus, pois ele vai salvar o seu povo dos seus pecados”. Tudo isso aconteceu para se cumprir o que o Senhor havia dito pelo profeta: “Eis que a virgem conceberá e dará à luz um filho. Ele será chamado pelo nome de Emanuel, que significa: Deus está conosco”. Quando acordou, José fez conforme o anjo do Senhor havia mandado e aceitou sua esposa. – Palavra da salvação.

10 dezembro, 2010

Evangelho do domingo Mateus 11,2-11


– Naquele tempo, João estava na prisão. Quando ouviu falar das obras de Cristo, enviou-lhe alguns discípulos para lhe perguntarem: “És tu aquele que há de vir ou devemos esperar um outro?” Jesus respondeu-lhes: “Ide contar a João o que estais ouvindo e vendo: os cegos recuperam a vista, os paralíticos andam, os leprosos são curados, os surdos ouvem, os mortos ressuscitam e os pobres são evangelizados. Feliz aquele que não se escandaliza por causa de mim!” Os discípulos de João partiram, e Jesus começou a falar às multidões sobre João: “O que fostes ver no deserto? Um caniço agitado pelo vento? O que fostes ver? Um homem vestido com roupas finas? Mas os que vestem roupas finas estão nos palácios dos reis. Então, o que fostes ver? Um profeta? Sim, eu vos afirmo, e alguém que é mais do que profeta. É dele que está escrito: ‘Eis que envio o meu mensageiro à tua frente; ele vai preparar o teu caminho diante de ti’. Em verdade vos digo, de todos os homens que já nasceram, nenhum é maior do que João Batista. No entanto, o menor no reino dos céus é maior do que ele”. – Palavra da salvação.

08 dezembro, 2010

Festa no dia de Nossa senhora da conceição


Moradores do Morro da Conceição, Zona Norte do Recife, estão se preparando para receber a maior festa religiosa e popular do Estado de Pernambuco, a qual reúne milhares de pessoas que vêm dos mais diversos locais do Brasil expressar sua fé na Imaculada Conceição.
A 106ª Festa de Nossa Senhora da Conceição, que vai acontecer no período de 29 de Novembro a 08 de Dezembro de 2010, no Morro da Conceição, este ano traz o tema “Mães, Eis Aí os Teus Filhos”. Para que a festa aconteça, várias instituições governamentais apóiam o evento, tais como Corpo de Bombeiros e Polícia Militar de Pernambuco, CTTU, Secretarias de Cultura Estadual e Municipal, Empetur, e demais órgãos do Governo do Estado e da Prefeitura do Recife, que delegam seus funcionários para dar todo apoio aos fiéis que vão ao Morro.
video

06 dezembro, 2010

100 Anos da Arquidiocese de Olinda e Recife

Nesse domingo que se passou dia 05/10/2010 a arquidiocese completou 100 anos com uma explendida celebração no pátio do marco zero no Recife, a celebração reuniu vários bispos de várias regiões, e fieis de várias partes do Brasil, inclusive padres Bispos entre várias outras excelências.


03 dezembro, 2010

Evangelho do domingo dia 05/12/2010 Mateus 3,1-12


Naqueles dias, apareceu João Batista, pregando no deserto da Judéia: “Convertei-vos, porque o reino dos céus está próximo”. João foi anunciado pelo profeta Isaías, que disse: “Esta é a voz daquele que grita no deserto: preparai o caminho do Senhor, endireitai suas veredas!” João usava uma roupa feita de pêlos de camelo e um cinturão de couro em torno dos rins; comia gafanhotos e mel do campo. Os moradores de Jerusalém, de toda a Judéia e de todos os lugares em volta do rio Jordão vinham ao encontro de João. Confessavam os seus pecados e João os batizava no rio Jordão. Quando viu muitos fariseus e saduceus vindo para o batismo, João disse-lhes: “Raça de cobras venenosas, quem vos ensinou a fugir da ira que vai chegar? Produzi frutos que provem a vossa conversão. Não penseis que basta dizer: ‘Abraão é nosso pai’, porque eu vos digo: até mesmo destas pedras Deus pode fazer nascer filhos de Abraão. O machado já está na raiz das árvores, e toda árvore que não der bom fruto será cortada e jogada no fogo. Eu vos batizo com água para a conversão, mas aquele que vem depois de mim é mais forte do que eu. Eu nem sou digno de carregar suas sandálias. Ele vos batizará com o Espírito Santo e com fogo. Ele está com a pá na mão; ele vai limpar sua eira e recolher seu trigo no celeiro; mas a palha ele a queimará no fogo que não se apaga”. – Palavra da salvação.