Total de visualizações de página

Tradutor

Visitas

26 março, 2010

Evangelho do domingo dia 28 de março de 2010 Lc 23, 13 -23


Naquele tempo Pilatos convocou os chefes dos sacerdotes, os chefes e o povo, e lhes disse. Vocês trouxeram esse homem como se fosse um agitador do povo. Pois bem!Eu já o interroguei diante de vocês, e não encontrei nele nenhum dos crimes de que vocês o estão acusando. Herodes também não encontrou, pois mandou Jesus de volta para nós. Como podem ver, ele não fez nada para merecer a morte. Portanto vou castigá-lo e depois soltarei o soltarei. Ora em cada festa da Páscoa, Pilatos devia soltar um prisioneiro para eles. Toda a multidão começou a gritar: Mate esse homem! Solte-nos Barrabás. Barrabás tinha sido preso por causa de uma revolta na cidade, e por homícidio. Pilatos queria libertar Jesus, e falou outra vez á multidão. Mas eles gritavam: -"Crucifique! Crucifique!" E Pilatos falou pela terceira vez: "Mas que mal esse homem fez? Não encontrei nenhum crime que ele mereça morrer. Portanto vou castigá-lo e depois o soltarei. Mas eles continuaram a gritar com toda a força, pedindo que Jesus fosse crucificado. E a gritaria deles aumentava cada vez mais. Então Pilatos soltou a sentença: que fosse feito o que eles pediam. Soltou o homem que eles queriam, aquele que tinha sido preso por revolta e homicídio, e entregou Jesus á vontade deles.

Nenhum comentário:

Postar um comentário